Remédios caseiros podem curar a calvície?

Quem é calvo ou está ficando calvo já deve ter ouvido falar de várias receitas milagrosas com remédios caseiros que prometem trazer os amados fios de volta. Mas será que eles realmente funcionam?

Primeiro é preciso deixar claro que a Alopecia Androgênica (o nome científico da calvície), na maioria das vezes, tem causa genética. Ou seja, ela foi herdada da família do seu pai ou da sua mãe. Essa perda de cabelos nem sempre é previsível, podendo acontecer em pequenas áreas do couro cabeludo ou em uma parte maior da cabeça.

A calvície também pode acontecer por causa de fatores externos, como medicamentos, infecções, doenças ou exposição a produtos químicos. Nas mulheres, a gravidez também pode levar a queda temporária de cabelo.

Para saber exatamente qual é o motivo da queda capilar, é necessário consultar um médico.

E os medicamentos?

No caso da calvície genética, medicamentos como o Minoxidil e a Finasterida até podem retardar a queda capilar, mas não são uma solução definitiva. O mesmo vale para outras soluções medicamentosas.

Agora, quando a causa não é a herança dos genes, tratamentos pontuais com remédios podem resolver, mas tudo vai depender da avaliação do médico.

E um caminho seguro para combater essa queda de cabelo pontual é adotar uma dieta saudável e nutritiva, já que deficiências de vitaminas e ferro podem ser prejudiciais à saúde dos fios. 

Voltando à calvície genética

Conforme já falamos, alguns medicamentos podem dar uma segurada na perda de fios, mas muitas vezes a calvície é inevitável. Só que ela não é mais uma condição permanente.

A Clínica Suprema de Araguaína é pioneira no Tocantins no Transplante Capilar pela Técnica FUE. Essa sim é uma solução definitiva para a queda de cabelos. 

Neste procedimento, folículos capilares com um ou até três fios de cabelo são retirados da área doadora (geralmente a nuca) e transplantados para a área receptora, sem cabelo. Como os fios vêm do próprio paciente, não há rejeição.  

Se é isso que você estava precisando ouvir, marque uma avaliação com a Suprema: (63) 9 9997-6805

Fonte de consulta: Sociedade Internacional de Cirurgia de Restauração de Cabelo (https://bit.ly/2R8iqTT)

Imagem: Tua Saúde